O regresso ao ensino a distância leva-nos mais uma vez a uma reorganização escolar


Em Setembro de 2020 todas as escolas iniciaram o ensino presencial com respostas pedagógicas, sociais e comunitárias desenhadas com base nas necessidades vincadas pela situação pandémica que se vive desde o final do segundo trimestre do ano letivo 2019/20. Mais de 80% candidataram-se ao PNPSE apresentando um Plano de Desenvolvimento Pessoal, Social e Comunitário com soluções variadas para dar respostas a estas necessidades, reforçando as suas equipas pedagógicas com um ou dois técnicos especializados, tais como psicólogos, terapeutas da fala, educadores sociais, artistas ou técnicos informáticos (ver aqui algumas das práticas já divulgadas).

Neste momento a maioria dos alunos tem acesso à educação através de um ensino online. Porém, muitos são os que por serem filhos de profissionais de saúde ou de outras profissões que não se coadunam com o teletrabalho, ou por não possuírem recursos essenciais a esta modalidade de ensino, estão a acompanhar o ensino à distância no espaço físico das suas escolas, acompanhados por um professor ou até mesmo por um técnico especializado com quem já trabalhavam em programas de desenvolvimento de competências pessoais, sociais, emocionais  (ver aqui algumas das práticas já divulgadas neste âmbito).

Bem-haja a todos os que trabalham para que a educação continue a ser um direito de todos e para cada um.

Foto: Photo by Thomas Park on Unsplash




Mensagens populares